O e-mail marketing ainda funciona?

HomeBlogO e-mail marketing ainda funciona?
O e-mail marketing ainda funciona?

O e-mail marketing ainda funciona?

Antes de falar sobre o e-mail marketing propriamente dito gostaria de enfatizar que e-mail marketing é diferente de spam!

Então, não confunda esta estratégia com a centenas de milhares de “e-mails” que você recebe diariamente em sua caixa de spam, ok?

O e-mail marketing e uma poderosa ferramenta de comunicação de uma marca para com seu público, mas, para isso é importante que a utilização desta estratégia seja adequada e seguindo a riscas várias recomendações e diretrizes de boas práticas.

Segundo uma pesquisa realizada pela Pew Research, 92% dos adultos utilizam e-mail, e isso faz desta ferramenta uma poderosa arma para os profissionais de marketing digital e Inbound marketing.

Para ser bem objetivo, afirmo que o e-mail marketing não morreu! Apenas é utilizado de maneira errada por alguns usuários.

Neste post você irá entender melhor sobre esta ferramenta de também conhecerá as boas práticas que precisa adotar para obter sucesso em suas campanhas de e-mail marketing!

O que é o e-mail marketing?



Como falei anteriormente o e-mail marketing é uma ferramenta de comunicação entre uma marca para com seu público, este tipo de estratégia permite segmentar sua base de leads por interesse, criar automação no disparo e escalar o processo de personalização das mensagens.

Com certeza você já recebeu alguns dos tipos mais comuns de e-mails marketing em sua caixa de mensagem, como:

  • Oferta de produtos
  • Promoções
  • Confirmação de compras
  • Informações sobre a marca
  • Notificações de conteúdo


Por muitos anos o e-mail marketing foi visto como uma comunicação invasiva, pois diversas empresas compravam listas de e-mails e às usavam para disparar centenas de mensagens em lote, o que hoje chamamos de spam.

Atualmente com a evolução das ferramentas, e principalmente da maturação das estratégias os e-mails marketing se tornaram um aliado poderoso em estratégias digitais.

Isso porque as marcas deixaram de realizar o disparo em lote e começaram a se preocupar em conquistar o e-mail de seus consumidores, através de campanhas e ações que muitas vezes oferece um beneficio para o cadastro, como por exemplo, um ebook ou um conteúdo exclusivo.

Desta maneira além de facilitar a segmentação dos leads por interesse também prepara o usuário para receber aquele e-mail, pois é sabido o interesse dele por aquele determinado assunto. Por que utilizar o e-mail marketing?

O E-mail marketing é uma ferramenta de grande alcance, segundo a Radicati, em 2019 haviam cerca de 2,9 bilhões de usuários de e-mails no mundo, isto é, um terço da população mundial tem e-mails e os utilizam com uma certa periodicidade.

O E-mail é um centralizador de informações, nele se concentram diversas atividades que um usuário faz na internet, como um login em um site, um cadastro em um aplicativo ou mesmo uma informação de contato direta, fazendo do e-mail uma ferramenta essencial para as atividades de uma pessoa na internet.

Outra grande vantagem do uso adequado do e-mail marketing é a mensuração dos dados de entrega e leitura, isto é, utilizando uma ferramenta como leadlovers, mailchimp ou outra ferramenta de gestão de e-mail marketing é possível criar relatórios de entrega e de leitura sabendo o real impacto de cada e-mail em sua base de leads.

É preciso contratar uma ferramenta para o disparo de e-mail marketing?



Sim, é necessário a contratação de uma ferramenta para o disparo de suas campanhas de e-mail marketing!

Mas isso não é um impeditivo, existem boas ferramentas como o mailchimp que contam com planos gratuitos.

A utilização de uma ferramenta para esta estratégia se dá por alguns motivos:

1 – Quantidade de disparos.

Normalmente em uma ação de disparo de e-mails marketing são disparados muitos e-mails por minuto, e seria humanamente impossível fazer isso na mesma velocidade, isso sem considerar a personalização de cada e-mail, com dados do lead, como nome por exemplo.

Outro ponto a se considerar é o volume de envio de e-mails permitido por seu provedor “normal” de e-mail, o Gmail pro exemplo permite um total de 500 disparos por dia, já com uma ferramenta própria não há esta limitação.

2 – Entrega.

Quando você passa a disparar manualmente centenas de e-mails por dia, a tendência é que os servidores te identifiquem como provedor de spam, e isso irá impactar diretamente na entrega de suas mensagens.

Podendo inclusive em níveis mais críticos haver um “banimento” de seu provedor de e-mails, fazendo com que todos os seus e-mails sejam considerados spam.

3 – Dados de entrega.

Como dito anteriormente, uma grande vantagem do e-mail marketing é possibilidade de se criar relatórios, onde você pode ficar sabendo quem recebeu o e-mail, quem o abriu e em que links este usuário clicou.

Com isso, você pode ir filtrando e qualificando seus leads, refinando seu conteúdo e criando funis mais eficientes de conversão.

Qual deve ser o papel do e-mail marketing em minha estratégia?



Muitas vezes o e-mail marketing é associado e abordagens promocionais e comerciais, porém esta ferramenta vai muito além disso.

Quando um usuário dá permissão para uma empresa enviar e-mails diretamente em sua caixa de entrada esta pessoa está abrindo uma porta gigantesca de comunicação, portanto também é preciso saber usar essa ferramenta com sabedoria.

Engajar os leads.

O e-mail marketing pode ser utilizado na sua estratégia de marketing para engajar seus leads. Isso pode fazer com que seus leads se lembrem sempre de você, aumentando as chances de que eles virem clientes.

Promover conteúdos

Se você tem um blog, canal no Youtube ou produz outro tipo de conteúdo o e-mail marketing é uma excelente maneira de contar para seus leads sempre que houver um novo material disponível. Nutrir e educar seus leads.

A nutrição de leads é a parte mais importante de uma estratégia de inbound marketing, pois é através dela que você consegue avançar em seu funil e com isso chegar ao seu objetivo final. Educar seus contatos sobre seu negócio levando a eles informações relevantes é fundamental para alcançar suas metas.

Vender

E claro que não poderia faltar o e-mail de vendas!

Uma vez que você utilize estratégias adequadas e consiga identificar os pontos gatilhos utilizar o e-mail marketing para a venda é a cereja do bolo nesta ferramenta.

Ferramentas



Se você vai começar sua estratégia de e-mail marketing agora, precisa de um ingrediente fundamental: uma ferramenta, ou software, que realize disparos de e-mail em massa.

A ferramenta mais indicada para iniciantes é o Mailchimp, pois além de possuir uma versão gratuita, sua utilização é fácil e intuitiva. Além dela, outros softwares populares no mercado são o GetResponse, o Mailee e o Mailify.

O e-mail marketing também pode ser feito por meio de softwares completos de automação de marketing, como RD Station e Hubspot. Estas são ferramentas que realizam várias funções além do e-mail marketing, como gestão de redes sociais, lead tracking, gestão de blogs, entre outros.

Conclusão:



O e-mail marketing continua sendo uma poderosa ferramenta não apenas para o relacionamento com seus consumidores, mas também para gerar conversões.

Porém é preciso se atentar as boas práticas e o uso adequado das ferramentas para gestão de seus leads.

Jorge Faleiros

Jorge Faleiros

Autor