15 dicas de SEO para ranquear no Google

HomeBlog15 dicas de SEO para ranquear no Google
15 dicas de SEO para ranquear no Google

15 dicas de SEO para ranquear no Google

Querer aparecer no topo do Google é fácil, seguir os passos fundamentais para isso que é o difícil!

Pensando nisso, elaboramos 15 dicas de SEO que podem ajudar o seu negócio a se destacar no topo do Google!

Para começar, é preciso entender o que significa SEO e porque ele é tão importante assim!

SEO é a sigla para Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca), ou seja, adaptar o seu site para ele aparecer nos principais mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo.

O próprio Google tem uma série de mecanismos que podem fazer o seu site aparecer nas primeiras posições ou, simplesmente, bani-lo se desobedecer algumas regras. Sim, o Google tem regras!

Por este motivo, é fundamental conhecer estes mecanismos, seguir as recomendações do buscador e ter a oportunidade de estar no topo, facilitando o usuário a encontrar p seu conteúdo.

Veja agora 15 fatores que podem ajudar seu conteúdo aparecer no topo do Google!

1 - Responsivos e mobile;

Sem dúvidas este é um dos passos primordiais a serem seguidos. De nada adianta um site lindo, seguindo todas as regras do Google se não for responsivo ou mobile?

Nada! Isso significa que o seu site precisa ser rápido, não demorar a carregar as páginas e se adaptar para todos os formatos de tela, seja para smartphone, tablete, desktop e etc.

2 - Palavra-chave no domínio principal

Este fator de ranqueamento é antigo, mas continua útil. Se, em seu domínio, constar sua palavra-chave principal, o algoritmo enxergará esse aspecto com bons olhos.

Mas é importante dizer: a única palavra que importa no domínio é a sua marca. A antiga técnica de comprar mais de um domínio com a sua palavra-chave em vários deles é considerada black hat.

3 - Palavra-chave no subdomínio

A palavra-chave no subdomínio não é só um fator de ranqueamento, mas também ajuda o crawler (algoritmo ou robô utilizado por mecanismo de busca para avaliar as paginas) a entender melhor sobre que assunto aquela página trata, desde que seja a sua marca.

4 - Palavra-chave em cada Headline

Os headers secundários, ou H2, H3, H4 e até H5, seguem informando ao robô a importância de cada informação dentro de uma página ou conteúdo e suas divisões hierárquicas.

5 - Intenção de busca geral

Isso significa que o sue conteúdo e site precisam fazer parte das intenções de busca dos usuários. Como fazer isso?

Conhecendo bem as dores do seu público-alvo e analisar como o seu produto ou serviço podem ajuda-lo.

Entenda que nada adianta oferecer o que não há demanda, sem a solução para uma dor, o Google não pode indicar a sua página.

6 - Profundidade do conteúdo

A qualidade de um conteúdo está muito relacionada à profundidade com que ele aborda determinado assunto.

Estender o tema, destrinchar detalhes e ser uma fonte segura de informações são alguns aspectos que fazem parte do conceito de qualidade avaliado pelo buscador.

7 - Boa gramática

Como ter um conteúdo profundo, de grande qualidade, que satisfaça seus leitores uma vez que este conteúdo contém muitos erros gramaticais e suas frases não são compreensíveis?

Impossível, não é?

8 - Links internos:

Os links internos devem ser utilizados por dois motivos, um deles é fazer o leitor ir para outras páginas no seu site, ou seja, aumentando a visibilidade da sua empresa, outro fator importante é que os links internos mostram relevância para o Google, facilitando a entrega do seu conteúdo no buscador.

9 - Link Building:

De maneira resumida, o Link Building é como se o seu site fosse recomendado por outras empresas ou pessoas, ou seja, diz para os bots que realmente você é referência e domina o assunto.

Então, quanto maior indicações você receber, maior será a sua relevância para o Google.

Como fazer isto? Criando bons conteúdos!

Só é possível ser referencia demonstrando o seu conhecimento, isso em todas as áreas da vida e com o fator de ranqueamento do Google também!

10 - Descrição do conteúdo:

A meta description é um pequeno resumo que está no conteúdo, este é um fator que influencia consideravelmente na taxa de cliques do seu site, por isso, é importante que seja atrativo e contenha as palavras-chaves.

11 - Botões visíveis

A visibilidade dos botões não influencia no ranqueamento do Google, mas neste caso deve-se pensar no leitor, por isso, os botões devem estar em locais visíveis de seu site.

Seja os botões de compras ou compartilhamento, pois se for difícil achá-lo o internauta pode desistir da ação e abandonar o seu site.

Não queira isso de jeito nenhum! Sabemos que abandonar o site sem cliques ou em poucos segundos pode demonstrar que não é muito confiável e o Google não precisa recomendá-lo a outras pessoas.

12 - Tráfego direto

Se um usuário acessa seu site de maneira direta, ou seja, colocando seu endereço na barra de endereços do navegador, isso significa que seu site atende as suas necessidades.

13 - Tráfego recorrente

Quando um usuário acessa o seu site repetidas vezes, o Google entende isso como um sinal de qualidade.

Por isso, a produção de bons conteúdos é tão importante para um negócio. Não basta apenas criar um site, é preciso educar o mercado sobre a sua solução.

Desta maneira, quem gosta da sua marca irá sempre acessar o site, mostrando ao mecanismo que o seu negócio é confiante.

14 – Autoridade de domínio

A famoso DA, ou autoridade de domínio, é uma métrica criada pela agência americana Moz, uma das maiores referências em SEO do mundo.

Sua nota vai de 0 a 100 e determina qual o nível de autoridade daquele domínio, impactando diretamente nas suas chances de ficar bem posicionado em uma página de resultados.

Domain Authority (DA): Conteúdo é rei, Autoridade do Domínio é rainha

15 – Certificado SSL e protocolo HTTPS

O Google confirmou, em 2014, que o protocolo HTTPS é um fator de ranqueamento.

Mas ter um site seguro é especialmente importante para e-commerces, porque também conquista a confiança de seus consumidores.

Estes são apenas 15 fatores, existem muito mais itens que ajuda a se destacar no Google, incluindo no Google Fotos!

Se destacar no Google é uma grande vantagem, pois este mecanismo é um dos principais buscadores do mundo.

Portanto, não deixe de ter um site, produzir bons conteúdos e investir na experiência do seu usuário.

Se você não sabe como fazer nada disso, procure alguém que o faça bem! É um investimento mínimo que pode garantir um bom ROI – Retorno Sobre o Investimento – para o seu negócio! Para saber mais, fale com um especialista!

Jorge Faleiros

Jorge Faleiros

Autor