fbpx

Se antes a preocupação de muitas pessoas era com os likes nas fotos e vídeos agora o que realmente deverá importar será o conteúdo, isso por que uma das principais mudanças anunciadas na terça-feira (30), durante a conferência F8 é o fim das curtidas na rede social. 

Os representantes do Instagram afirmam que os testes para acabar com as curtidas são para acabar com a cultura e a pressão de que uma publicação deve ter muitos likes, para eles o que realmente importa é o conteúdo e a conexão entre os internautas. Os likes continuarão nas fotos, porém apenas o dono perfil conseguirá vê-lo.

Principais mudanças no Instagram

Instagram Shopping

Uma das novas funcionalidades é o Instagram Shopping, esta função irá permitir que os usuários efetuam compras sem sair do aplicativo, além de poderem comprar algum produto diretamente do influenciador, ela também pretende aumentar as regiões que aceitam pagamento diretamente no aplicativo.

Nova Câmera nos storie

Agora, você não precisará começar um post por uma foto ou vídeo – uma nova seção chamada “modo criador” deixará que o usuário crie um Story da forma que quiser, seja só com stickers animados ou o que queira.

Sticker de doação

O Stories também terá um novo sticker de doação para que as pessoas possam criar campanhas de arrecadação de fundos no serviço e também participar fazendo doações.

Além disso, será oferecida a possibilidade de usuários comprarem diretamente de influenciadores da rede social que façam propaganda de algum produto.

Fim dos likes

Como foi mencionado incialmente, com o objetivo de reduzir a pressão pela busca de likes, o Facebook também anunciou na conferência que está testando o fim da contagem de curtidas no Instagram . Com a mudança, os donos das contas continuam sabendo o número de curtidas, mas ele não é exposto publicamente.

As outras redes sociais administradas por Mark Zuckeberger também sofrerão mudanças, mas isto é assunto para outro post, ok?

Algumas atualizações o CEO o Facebook já vinha testando desde o ano passado, após a crise de Cambridge Analytica. Confira!

Fale com a Compor

3 + 9 =