fbpx

Você já ouviu falar de SEO para Google Imagens? Isso mesmo, você não leu errado! Uma das técnicas para aparecer em um dos maiores mecanismos de buscas também pode contar com técnicas para as imagens.

Antes de passar as dicas para ranquear no Google Imagens, é necessário saber primeiro o que significa SEO e como aparecer nas primeiras páginas nos mecanismos de buscas.

SEO significa Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca), ou seja, adaptar o seu site para ele aparecer nos principais mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo.

A importância de aparecer nas primeiras paginas de pesquisa é que quanto mais o site da sua empresa aparece, melhor será para o crescimento e aumento de lucro da sua empresa. Isso porque 90% das pessoas que pesquisam algo no Google clicam nos links que aparecem nas primeiras páginas, ou seja, aparecer organicamente nas primeiras páginas dos buscadores aumenta as suas chances de negócios, permitindo aumentar os lucros da sua empresa.  

Agora que sabemos a importância de adaptar seu conteúdo para aparecer organicamente, deve saber qual a importância de SEO para Google Imagens.

Como diz o ditado popular uma imagem vale mais do que mil palavras, claro, se levarmos ao pé da letra não é bem assim, mas um conteúdo com imagens costumam ter 650% mais engajamento do que artigos apenas com palavras.

Então, o jeito é investir e adaptar as imagens para serem ranqueadas e levarem mais leads ao seu site.

Confira agora 5 dicas de SEO para Google Imagens

1 – Nome do arquivo.

O ideal para o nome do arquivo é renomear com o título do conteúdo, isso porque adicionar uma foto com o nome  <img src=”IMG448.png”/> nem o Google entenderá qual é este arquivo. Então, quando for baixar a foto em seu computador renomeie o arquivo com o nome ou título que usará no seu conteúdo.

2 – Legenda da imagem

Você sabia que legendas embaixo de imagens são lidas, em média, 300% mais do que o conteúdo do texto em si? O próprio buscador admite que utiliza as legendas das fotos para compreender a imagem. Como vimos no tópico anterior, as imagens precisam de um nome para ser identificadas, o mesmo serve para as legendas em fotos.

3 – URL da imagem

Lembra quando mencionamos a importância de estruturar a URL do seu site corretamente para ranquear melhor no Google? A lógica é a mesma quando falamos de imagens.

Por isso, as dicas que demos anteriormente também são úteis quando queremos rankear no Google Imagens.

O importante é organizar a URL dos seus arquivos de mídia de forma lógica e concisa, para comunicar rapidamente ao buscador que aquilo é uma imagem e qual seu conteúdo.

4 – Imagens responsivas

Você sabia que um site que não responsivo pode ser punido pelo Google? Pois é, o mesmo acontece com as fotos no Google Imagens, elas precisam ser responsivas e estarem dimensionadas de acordo com as especificidades do Google.

Isso porque há um alto número de pessoas que acessam a internet por meio dos Smartphones e os sites devem suprir estas demandas.

5 – Tamanho do arquivo

O tempo de carregamento da página influência e muito no ranqueamento, isso porque se um site demorar a carregar e as pessoas logo fecharem aquela página, o Google entenderá que aquele site não e logo não aparecerá nas primeiras páginas de pesquisas.

Um fator importante neste caso é tamanho dos arquivos, seja imagens ou vídeos, por isso o ideal é comprimir o tamanho antes de anexá-los ao site.

6 –  DICA EXTRA – Texto dentro da imagem

O Google não recomenda que se coloque uma grande quantidade de texto dentro da imagem que se quer ranquear. Isso acontece por dois motivos:

  • O primeiro é que o algoritmo do buscador não consegue ler esse conteúdo. Isso o torna “inútil” em termos de ranqueamento, já que só está disponível para o usuário;
  • O segundo é que esse texto não está disponível para as ferramentas de tradução automática do Google, o que pode piorar a acessibilidade e experiência do usuário, o que prejudica o ranqueamento da página.

Listamos aqui os seis principais fatores de ranqueamento no Google Imagens, mas o ideal é que tudo esteja em conjunto para aparecer nas primeiras páginas do Google, ou seja, o conteúdo todo deve estar bem estruturado.

Para saber como dominar o Google, que tal entrar em contato com um especialista?

Fale com a Compor

3 + 12 =