fbpx

Antes de passar as dicas sobre SEO e como fazer o seu site aparecer na primeira página do Google é necessário entender o que necessariamente quer dizer essa sigla.  SEO significa Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca), ou seja, adaptar o seu site para ele aparecer nos principais mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo.

É comum ao pesquisarmos algo no Google e vermos as empresas na primeira página, mas os primeiros que aparecem não são feitos com as técnicas de SEO, pois eles são links patrocinados, ou seja, são pagos. Não é errado fazer dessa maneira, pelo contrário, mas dessa forma além do dinheiro que você terá que investir, a sua empresa não adquiri autoridade e não aparece nos buscadores organicamente – sem ter que investir.

Portanto, opte por estratégias que fazem a sua empresa aparecer nas primeiras páginas dos buscadores, de maneira natural, pois 90% das pessoas que pesquisam algo no Google clicam nos links que aparecem nas primeiras páginas, ou seja, aparecer organicamente nas primeiras páginas dos buscadores aumenta as suas chances de negócios, permitindo aumentar os lucros da sua empresa.

Chega de enrolar, vamos para as 10 dicas de SEO para o site do sua empresa?

1 – Palavras-chaves:

As palavras chaves são fundamentais, tanto para o internauta localizar o que lelé procura tanto para o Google identificar o seu site. Por isso, é completamente ideal utilizar as palavras-chaves adequadamente. Mas, atenção, não precisa escrever a tal palavra em todas as linhas do seu artigo para o seu site aparecer na primeira página do Google, pois isso não vai acontecer, ok?

2 – Cuidado com as URLs:

Após pensar no título do seu conteúdo é importante saber como ficará a sua URL, isso porque ela também faz parte da análise do conteúdo, pois é ela que levará o leitor até o seu site. A dica principal é colocar a palavra chave na URL e não deixá-la muito longa.

3 – Qualidade de conteúdo:

Os bots do Google leem e analisam tudo e são eles quem entregam o seu conteúdo/produto para o leitor, ou seja, eles podem avaliar o seu conteúdo e por algum motivo, se não estiver bom, ele não aparecerá nas primeiras páginas, dificultando o internauta localizar a sua empresa. Portanto, capriche no conteúdo!

4 – Títulos:

Título interno

O título interno do seu blog é aquele que o leitor verá quando já tiver acessado o seu conteúdo. É muito importante destacar que ele deve ser diferente do seu SEO title, que será um fator externo e deverá levar o leitor ao seu texto.

 SEO Title

O SEO Title é o título que aparece logo após o nome da empresa no Google, e possui a função de levar o leitor até o seu conteúdo.

5 – Sites responsivos e mobile:

De nada adianta ter um site bom se ele perder sua configuração nos smartphones e demorarem a carregar os conteúdos. Um site bom não pode demorar mais de três segundos para abrir as páginas e devem estar adaptados para todo o tipo de tela, seja para os celulares, tabletes, notebooks e computadores.

6 – Atenção às imagens:

Diferente do olhar humano que vê as imagens e conseguem identificar o que está sendo mostrados, os bots do Google não, eles precisam de elementos que identificam tudo o que está na página. Por isso, nesta etapa é necessário ter atenção em três elementos:

Nome do arquivo

Deve ter a palavra-chave e não pode conter espaço entre o título.

Texto alternativo

É a descrição da imagem com poucos caracteres e deve conter as palavras-chaves também.

Tamanho da imagem

Imagens muito pesadas podem comprometer o carregamento da sua página. O tempo de carregamento é outro fator importante para o Google.

7 – Links internos:

Os links internos devem ser utilizados por dois motivos, um deles é fazer o leitor ir para outras páginas no seu site, ou seja, aumentando a visibilidade da sua empresa, outro fator importante é que os links internos mostram relevância para o Google, facilitando a entrega do seu conteúdo no buscador.

8 – Descrição do conteúdo:

A meta description é um pequeno resumo que está no conteúdo, este é um fator que influencia consideravelmente na taxa de cliques do seu site, por isso, é importante que seja atrativo e contenha as palavras-chaves.

9 – Botões visíveis

A visibilidade dos botões não influencia no ranqueamento do Google, mas neste caso deve-se pensar no leitor, por isso, os botões devem estar em locais visíveis de seu site. Seja os botões de compras ou compartilhamento, pois se for difícil de acha-lo o internauta pode desistir da ação e abandonar o seu site.

10 – Link Building:

De maneira resumida, o Link Building é como se o seu site fosse recomendado por outras empresas ou pessoas, ou seja, diz para os bots que realmente você é referência e domina o assunto. Então, quanto maior indicações você receber, maior será a sua relevância para o Google.

Bom, essas foram as dicas da Agência Compor para você ser ranqueado pelo Google. Precisa de uma consultoria gratuita em seu site? Entre em contato conosco!

Fale com a Compor

6 + 13 =